Skip to Content

Blog do Colaborador

De: Comunicação GNDI - 16 Mar 2022

..

Projeto Optimus inicia etapa de Treinamentos

A participação e o comprometimento dos colaboradores impactados são essenciais para o sucesso do projeto

O processo de implementação do Projeto Optimus continua a todo vapor. Neste mês, os colaboradores impactados pelas Ondas 1 e 2 participam da etapa de Treinamentos.

Com o conhecimento adquirido no treinamento sobre as funcionalidades do sistema Top Saúde, entendimento das regras de negócio e dos novos conceitos, os envolvidos terão maior habilidade e utilizarão a ferramenta de maneira mais prática e segura. "Um projeto desta dimensão é muito desafiante. É necessário nos prepararmos para o novo, conhecer as novas ferramentas de trabalho. Dessa forma, todos terão um grande retorno com o processo de capacitação, ampliando conhecimento, desempenho, produtividade e qualidade nas entregas das demandas", destaca Valeska Beatriz Oliveira Santos, analista de comissões da Sede Paulista.

Ela esclarece que o time de comissões é composto por sete multiplicadores e dois key users - que são os especialistas da área, os gestores, os responsáveis por mapeamento, testes, validações, execução, excelência dos processos e também apoio aos multiplicadores. Já os multiplicadores têm o papel de disseminar o conhecimento ao usuário final, sendo responsáveis por conduzir a todos rumo às mudanças, ajudando e apoiando (juntamente com os key users) na adequação aos novos cenários antes e após o go-live.

É muito importante que o colaborador do GNDI impactado pelas Ondas 1 e 2 participe dos Treinamentos para estar alinhado ao processo. "Todos precisam estar engajados. O cadastro dentro de uma operadora é como um pronto-socorro e não podemos dormir no plantão. Temos o comprometimento com a vida (neste caso, a vida da empresa), por isso a necessidade de conhecimento e comprometimento com o processo", frisa Lélia Cristina Guimarães dos Santos, coordenadora de cadastro da Sede Paulista.

"Como multiplicadora, busco transmitir à equipe confiança no novo sistema, a importância dessa mudança e, principalmente, o ganho de tempo, agilidade e credibilidade. Alguns fatores precisam ser entendidos nesse processo: a quebra de paradigmas, a confiança no novo, o querer o novo e aceitar mudanças", finaliza Lélia dos Santos, lembrando que toda mudança gera incômodo porque é necessário sair da zona de conforto.

 

Você está acompanhando o processo de implementação do Projeto Optimus? Conte aqui sobre os impactos que você observou.

Você também pode participar. Deixe seu comentário: