Pular para o conteúdo

Blog do Colaborador

De: Comunicação GNDI - 25 jun 2020

..

Viaje sem sair de casa

Dicas de livros para elevar o astral

A leitura é um ótimo passatempo para a quarentena: proporciona lazer, aprendizado, aumenta o repertório cultural e ainda pode ajudar a controlar a ansiedade - afinal,"sair da realidade" de vez em quando faz bem para a mente. Mas, nesses tempos sombrios, é importante escolher livros com temáticas leves para elevar o astral ou que gerem entretenimento sem prejudicar seu lado emocional. Veja algumas dicas de leitura do Blog do Colaborador:

- Comer, rezar, amar - Elizabeth Gilbert
Depois de passar por um divórcio, um relacionamento conturbado e uma depressão, Liz decide passar alguns meses na Itália, Índia e Indonésia para encontrar o equilíbrio entre os prazeres do mundo e a espiritualidade. Com muitos traços culturais e histórias de cada país pelos quais passou, Gilbert descreve os detalhes de suas viagens com muito humor e sensibilidade. Este livro é ideal para quem procura inspiração, autoconhecimento e viajar sem sair de casa.

- Bonequinha de luxo - Truman Capote
O conto de Truman Capote ficou muito popular pela sua adaptação nos cinemas, mas (atenção ao spoiler!) é muito diferente do filme interpretado por Audrey Hepburn. Contado do ponto de vista de um aspirante a escritor, o livro mostra a história de Holly Golightly, uma acompanhante de luxo com o sonho de se casar com um homem rico e virar atriz de Hollywood. Com um toque de humor e sarcasmo, a leveza do livro transporta o leitor para a Nova York da década de 50.

- Extraordinário - R. J. Palacio
A obra conta a história de Auggie Pullman, um garoto que nasceu com uma deformação facial por conta da síndrome de Treacher Collins e precisará se adaptar à escola. Em meio ao seu maior desafio de provar que é um garoto como qualquer outro, Auggie ensina lições sobre empatia e gratidão. A história é contada por diversos pontos de vista e mostra o impacto do garotinho na vida das pessoas ao redor dele. Inspirador, Extraordinário ensina a ver o lado bom das coisas.


- Tudo e todas as coisas - Nicola Yoon
Maggie é "alérgica" ao mundo: nasceu com uma doença rara em que o corpo não produz anticorpos o suficiente para que ela possa viver como qualquer outra pessoa. Como não pode ter contato com o mundo exterior, vive em uma casa esterilizada com a mãe, tendo como única amiga uma enfermeira que cuida dela. A história muda quando conhece Olly, o garoto da casa da frente por quem se apaixona. Com a vontade de conhecê-lo pessoalmente, Maddie não tem medo de colocar a saúde em risco para viver. Este romance jovem adulto é ótimo para ler na quarentena - quem não se identifica com a vontade de sair de casa da protagonista?

- A mulher na janela - A. J. Finn
Anna Fox tem agorafobia, um transtorno de ansiedade que causa medo de lugares abertos. Sem conseguir sair de casa, a vida de Anna é ver filmes de suspense antigos e observar a vida dos vizinhos pela janela. Tudo muda quando vê uma vizinha - com a qual passou uma tarde inteira bebendo vinho e conversando - sendo assassinada pelo marido. Após chamar a polícia, os vizinhos aparecem para dizer que está tudo bem, mas aquela não é a mesma mulher que havia conhecido. E agora, quem era aquela mulher? Este suspense é ideal para quem quer uma distração durante a quarentena.

* Observação: todos os livros escolhidos para este post têm adaptações cinematográficas, mas valem a leitura, pois os livros carregam a essência original da história - e são mais profundos! Para quem gosta de comparar, uma dica é ler a obra e depois assistir ao filme.


E você, quais são suas dicas de livros para a quarentena? Conte quais você leu durante este período e como o hábito da leitura tem te ajudado.

Você também pode participar. Deixe seu comentário:

 

gabriela costa neves - HOSPITAL BOSQUE DA SAUDE

CARTA DE AMOR AOS MORTOS UM EXCELENTE LIVRO!!! -Um projeto de escola se transforma em uma auto-terapia e nas forças de Laurel, a garota que perdeu a irmã, Mia, e que vive um processo de auto-descoberta. Baseado nessa premissa, Cartas De Amor Aos Mortos se desenvolve, demonstrando a força das palavras e impactando o leitor com sua narrativa poética e reflexiva.

Gilmara Oliveira Bezerra Santos - Centro Clínico Zona Sul

Um livro maravilhoso que também tem o filme é "O melhor de mim", com certeza te prende do início ao fim.

DEBORA CRISTINA DE OLIVEIRA FERNANDES - CEMAC

ACHEI INTERESSE TODAS AS DICAS DE LEITURA BEM COMO OS LIVROS TAMBÉM ACHEI BEM ATRATIVO, O FILME NOS PRENDE DO COMEÇO AO FIM.

Wellington dos Santos Fortunato - Hospital Intermédica Jacarepaguá

Ótimas dicas! Vou ler e ver os filmes assim que puder.A quarentena para quem trabalha na área de saúde não dá folga, mas ontem iniciei a leitura de "Vidas Secas" de Graciliano Ramos. Há tempo queria ler esse livro, porém trabalho e faculdade preenchem quase 100% do meu dia.

Fernanda - Santo Andre 1

Ando lendo muitos romances para desestressar nesse período tenso,terminei agora Talvez um dia da Collen Hoover. Maravilhoso!