Pular para o conteúdo

Blog do Colaborador

De: Comunicação GNDI - 25 ago 2020

..

Desmitificando a terapia

"Saúde mental é uma necessidade, não um luxo", afirma especialista

O tabu que cerca a psicoterapia impede muitas pessoas de procurarem ajuda para o autoconhecimento ou tratamentos de transtornos. Isto porque, embora hoje exista inúmeras linhas e objetivos, por muito tempo o psicólogo foi visto como o "médico dos loucos" ou "alienista", e era voltado apenas para tratamento de doenças mentais. Mas, ao contrário do que muitos pensam, a terapia pode proporcionar um olhar para os dilemas existenciais e também ajudar a lidar com o próximo de forma mais harmônica.

"Sempre é o momento de procurar um psicólogo. Todos os dias lidamos com diversas situações, conflitos, perdas e decisões com as quais podemos ter dificuldade em resolver sozinhos ou sem algum tipo de sofrimento. O psicólogo sempre pode auxiliar no processo de autoconhecimento, a lidar consigo mesmo e com as questões à sua volta", indica Karen Valéria da Silva, psicóloga líder do Programa de Medicina Preventiva do GNDI.

Mesmo que suspeita para falar sobre o assunto, como brinca, a especialista conta que em "situações em que o sofrimento torna-se maior do que a situação infere" e quando alguns sintomas se manifestam com muita intensidade e frequência a ponto de causar prejuízos na rotina, é essencial que a pessoa procure um profissional de psicologia."A psicoterapia promove alívio do sofrimento, autoconhecimento, motivação, autoestima e melhora em relacionamentos. Também possibilita a identificação e mudanças de comportamento, auxilia no desenvolvimento de inteligência emocional, a sair da zona de conforto e ainda propicia que o paciente identifique em si mesmo ou desenvolva ferramentas de enfrentamento para lidar com as adversidades".

O principal vilão na busca para o bem-estar e o cuidado com a saúde mental é o preconceito. "Ainda costumo ouvir expressões como 'vou falar da minha vida para um estranho?', 'o psicólogo vai me dar conselhos' ou ainda 'vou pagar para conversar, isso eu faço com meus amigos e de graça', e tantas outras. Isso só reflete a falta de conhecimento que se tem a respeito do processo terapêutico", conta Karen. Ao contrário do que pensam, o psicólogo não está lá para servir como confidente e ter alguém para desabafar: ele faz uma escuta qualificada das questões do paciente e o conduz ao entendimento dos seus sentimentos e ações diante dos fatos.

Para quebrar esse estigma, é importante ressaltar que a psicologia é uma ciência e possui diversas abordagens como a psicanálise, fenomenológica-existencial e muitas outras. Não existe um tipo certo para cada pessoa - as abordagens contemplam o indivíduo e analisam a situação sob diferentes óticas. "Acredito que o vínculo saudável entre cliente e profissional é muito importante e decisivo para a evolução do processo terapêutico. Muitas vezes, a formação desse vínculo tem alguma relação com a abordagem que o profissional adotou na sua atuação e com as expectativas e formas de funcionamento do cliente. O certo é aquele em que você se sente acolhido, à vontade e seguro".

Karen explica que outro obstáculo para que alguém procure um psicólogo é a visão de que a terapia é algo para os mais privilegiados financeiramente. "Saúde mental é uma necessidade, não um luxo", desmitifica. Para ela, a ampliação da atuação do psicólogo para além do consultório é fundamental para "desconstruir essas barreiras e levar a vivência do que de fato é a terapia e de que ela é necessária, benéfica e para todos".

E você, já fez ou faz terapia? Deixe nos comentários a importância dessa prática para a sua vida e inspire outros colaboradores a traçarem o caminho para o autoconhecimento.

Você também pode participar. Deixe seu comentário:

 

Marta Julia Alves - Liberdade - Home Office

Já passei com psicólogo antes da pandemia mas era extremamente longe e com horários bem complicados, devido meu plano (smart 200 - zona sul) não dar cobertura perto de casa ou de fácil acesso, estava ficando muito cansada e acabei parando.

Adriana Seixas Braga - Sede

O bem-estar emocional é tão importante quanto o bem-estar físico! Muito bom poder contar com um psicólogo para nos ajudar a reconhecer e equilibrar nossos sentimentos. Assim, reduzimos a angústia, a ansiedade e o stress e abrimos espaço para a alegria, serenidade e empatia com a Vida!

Gabriele - Deint Campinas

Saúde mental é de fato uma necessidade e deve ser prioridade!

Kathleen Ramos - Central de Atendimento - Liberdade

Excelente texto!Também sou psicóloga (da central de atendimento) e concordo com tudo o que foi dito! Costumo dizer que todo mundo deveria fazer terapia, pelo menos por um período da vida. Por vezes dói, mas faz evoluir e vale muito a pena!

Marilia Eli de Lima - Hospital Samaritano - Sorocaba SP

Fazer terapia é um excelente negócio para todos nos dias atuais que vivemos. Mostra que temos que ter conhecimento de nós mesmo e aprender a evoluir com as nossas limitações.Um terapeuta ou psicologo para mim é um norte, uma estrela guia que mostra como devemos seguir, e basta você como paciente querer seguir ou não.Eu faço há algum tempo terapia e confesso que não largo mais, sempre estou fazendo manutenção, somos igual a um carro, sempre precisamos evoluir e melhorar em algum aspecto.

Monica de Souza Silva - Qualivida Higienópolis

Parabéns pela coerente e necessária pauta!

Ana Carolina Santos Brasiliense - Qualivida Higienópolis

Excelente temática Karen, parabéns! Que a cada dia possamos desconstruir os pré-conceitos da psicoterapia e ganharmos mais espaço, transmitindo um entendimento de que o psicólogo é um tipo de GPS que te leva até você mesma e o quanto é importante separarmos o que é nosso e o que é do outro e, desta forma, desfrutarmos de saúde mental.

Fernanda - Santo André 1

Como diz o ditado : mente sã corpo são!

Roselene - Qualivida Angelica

Eu faço terapia e hoje sei a importância da terapia para a vida das pessoas, a terapia nos faz enxergar além, nos faz nos compreendermos e compreendermos melhor o próximo, a resolver os nossos conflitos internos que em muitas das vezes negamos ter. AUTOCONHECIMENTO é a melhor descrição do que é a terapia pra mim.

Fatma Bàtista - Qualivida Jundiai

Amei o tema, Karen expôs muito bem como a psicoterapia pode auxiliar a todos, sem discriminação. Buscar autoconhecimento através da psicoterapia, é se redescobrir, é aprender a ler a si mesmo, é enxergar o mundo com outros olhos. Enfim, também sou suspeita para falar, mas é uma profissão linda que merece esse espaço, para ser desmitificada e assim se tornar mais acessível a todos que precisam.

Isabella de sousa moura - Sede

Ótimo texto que ainda há um preconceito muito grande relacionado a este tipo de assunto, curso o 6º semestre do curso de Psicologia e a cada dia mais me surpreendo com a mente do ser humano, faço terapia a 3 anos e desde então não me arrependo de ter começado,hoje não consigo ficar sem.

Evelyn Oliveira - Qualivida Higienópolis

Adorei a pauta da semana, parabéns Karen. Esperamos que esse tabu seja derrubado a cada dia que passa e que todos possam ter acesso a esse tipo de cuidado tão necessário.

Larissa Costa - Qualivida SP

Muito bom! É muito importante falarmos sobre a Psicologia e o processo de psicoterapia.

CRISTINA - GUARULHOS

DEPOIS DE ESTAR NA LINA DE FRENTE NA UTI COVID, PERCEBI ATRAVÉS DA TERAPIA QUE NÃO ESTOU SOZINHA, QUE APESAR DA DIFICULDADE DE LIDAR COM ESSA PANDEMIA, DAS DIVERSAS PERDAS.... ME SINTO CONFIANTE EM SEGUIR EM FRENTE.. SO TENHO A AGRADECER MINHA TERAPEUTA...

Jenifer - Hps

Faço terapia e recomendo a todas pessoas!!! Cuidar da nossa saúde mental não é luxo é bem estar!!!