Pular para o conteúdo

Blog do Colaborador

De: Comunicação GNDI - 11 set 2020

..

Lar doce lar

Conheça as tendências de decoração e dicas de colaboradoras

Por conta da pandemia, tivemos que passar quase todo o nosso tempo em casa - e foi de tanto encarar o teto que muitas pessoas perceberam que precisavam de algumas mudanças no ambiente. Segundo uma pesquisa do Grupo Consumoteca, 55% das pessoas da classe A e 39% da classe C fizeram alguma reforma na decoração da casa neste período.

Da área de lazer ao home office, em tempos de Coronavírus, a casa passa a ser muito mais do que um lugar para onde voltamos; é o lugar mais seguro e, por isso, deve ser acolhedor, confortável e ter a nossa cara. Mesmo antes do mundo virar de cabeça para baixo, as tendências de decoração previam que o conforto estaria em primeiro lugar: sofás espaçosos, camas rebaixadas, muitas almofadas, além de cores e aromas que despertam sensações e paletas mais suaves.

Hoje, sem poder almoçar em restaurantes, dar uma volta no parque ou ir ao cinema, temos que recriar nossos espaços e torná-los coerentes com o que somos e gostamos de fazer. Jessika Simone de Amorim Lima, supervisora comercial de vendas em saúde do Hospital Renascença Campinas, que o diga: a colaboradora reformou a parte externa da casa para se tornar o seu oásis pessoal. "Nesse espaço antes tinha somente a horta, depois reformei os paletes, coloquei na parede e organizei os móveis e almofadas. Levei uns 15 dias arrumando, mas fez toda a diferença".

Jessika conta que gosta de mesclar os estilos: mantém a decoração interna mais moderna, com objetos de vidros e flores como protagonistas, e a parte de fora mais rústica, com móveis de madeira. "Menos é mais! Você pode decorar sua casa com almofadas, tapetes e vasos. Caso os móveis sejam escuros e com janelas de madeira, o ideal é trabalhar com decoração rústica. Já para casa com pisos claros ou porcelanato brilhoso, é legal manter as paredes mais claras e colocar lustres de vidro para deixar uma decoração mais moderna", indica.

Ficou curioso(a) para saber como ficou a área externa da Jessika? Confira o antes e depois:



Givanilda Aurino de Lima, dos Recursos Humanos da Sede, em São Paulo, gosta tanto de decoração que fez um curso de design de interiores. De origem nordestina, a colaboradora gosta de personalizar a casa com elementos que relembrem sua infância e passado. Ela acredita que um dos pontos mais importantes na hora de decorar a casa é a sustentabilidade. "Incrementar, modificar e reaproveitar são tendências muito importantes. Em vez de pegar um móvel que você não gosta mais ou está fora de moda e descartá-lo, você pode reformar e inovar para que ele faça parte de uma decoração".

Na hora de decorar, é importante levar em consideração suas condições financeiras e o seu gosto. Mas, é possível deixar a casa elegante sem gastar muito: "você pode pegar uma garrafa de bebida vazia e colocar plantas ou uma vela". As cores e a disposição dos objetos também podem fazer a diferença, segundo Givanilda. "Tenha poucos móveis para ter mais movimentação, prefira cores claras para trazer mais tranquilidade e paz, luzes quentes que acalmam, velas, flores, produtos rústicos e coisas que nos remeta à natureza", indica.

Para ela, a limpeza e a harmonização da casa são tão importantes quanto a decoração em meio à pandemia, momento em que o convívio familiar é mais intensificado. "Quando você fica muito em casa, é importante você se sentir bem, se sentir no seu mundo".

E você, quais são seus itens de decoração favoritos? Deixe suas dicas nos comentários.

Você também pode participar. Deixe seu comentário:

 

Aline - UASA

Meus itens de decoração mais favoritos , são; quadros e vasos de plantas, rsrsrs, amo amo amo , minha casa não tem um cômodo sem uma plantinha, ah e todas naturais rsrsrs

Amanda Bastos - sede

Jessika, sempre com muito bom gosto em tudo que faz.

Nancy Frias de Medeiros Franca - Angelica

Amo tudo que se refere a casa....sou capa de passar o dia olhando as lojas de matérias de construção, coisas de decoração e percebo que com a Pandemia, as pessoas estão querendo deixar suas casas mais confortáveis e bonitas.

FERNANDA APARECIDA HOBUS DO AMARAL - Americana

Eu reformei meu apartamento inteiro, aproveitei q nao podemos sair e arrumamos a casa, comecei pela reforma dos banheiros, quarto da filha sala de TV e sala de jantar.Ficou ótimo estamos adorando.

Marta Julia Alves - Liberdade - Home Office

Pintei bem clarinho e mudei a posição dos móveis do quarto, fiz meu cantinho de H.O. bem acolhedor.Estou adorando essa situação, o cafezinho com mamão na hora da minha pausa,Ah.... isso não tem preço!Se for possível, quero continuar por aqui!!

Fernanda - Santo Andre 1

Ultimamente decoração em geral tem me fascinado,mas os itens do momento são os acessórios de cozinha e banheiro e os cestos de roupa.

Luiz Henrique - HRC

Parabéns, ficou muito acolhedor o espaço da Jéssika, como a Givanilza disse: O importante é se sentir bem, se sentir no próprio mundo.