Pular para o conteúdo

Blog do Colaborador

De: Comunicação GNDI - 14 dez 2021

..

Dezembro Laranja: conheça essa campanha

A proposta é trabalhar a prevenção ao câncer de pele durante todo o verão

A campanha Dezembro Laranja foi criada em 2014 pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) para estimular a população a prevenir, diagnosticar e tratar precocemente o câncer da pele.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele corresponde a 27% de todos os tumores malignos no Brasil, com quase 190 mil novos casos por ano no País. Esse índice é maior do que os cânceres de próstata, mama, cólon e reto, pulmão e estômago

Neste ano, o tema do movimento é "Adicione mais fator de proteção ao seu verão" e tem como objetivo conciliar  a prevenção ao coronavírus. A ideia é incentivar o uso de máscara, álcool gel, distanciamento social e práticas fotoprotetoras, como:

- Evitar exposição ao sol entre 10h e 16h;

- Utilizar filtro solar diariamente, mesmo em dias nublados;

- Proteger os olhos com óculos com lentes UVA/UVB;

- Usar chapéus e bonés;

- Dar preferência por vestir camisetas ou roupas de banho com proteção UVA/UVB.

A mobilização tem início em dezembro, mas se estende por todo o verão. Nesse período, são realizadas palestras, fóruns de discussão, divulgação de informação em diversas mídias, iluminação de fachadas de edifícios públicos e privados, dentre outras iniciativas.

 

Sintomas e fatores de risco

O diagnóstico e o tratamento precoce aumentam as chances de cura. É preciso prestar atenção nos sinais e sintomas suspeitos, como pintas que crescem, manchas que aumentam, sinais que se modificam ou feridas que não cicatrizam. A rotina de autoexame facilita o reconhecimento dos casos, mas deve estar sempre associada à consulta frequente com um médico dermatologista.

Os fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de pele são exposição solar exagerada e desprotegida ao longo da vida e episódios de queimadura solar. Apesar de ser um problema que pode afetar qualquer pessoa, há perfis que são mais propensos ao seu surgimento, como pessoas que têm a pele, cabelos e olhos claros; pessoas com histórico familiar dessa doença; portadores de múltiplas pintas pelo corpo; e imunossuprimidos e transplantados.

Você também pode participar. Deixe seu comentário:

 

AUREA DOS SANTOS CALDEIRA - HOSPITAL SALVALLUS

É MUITO IMPORTANTE ESSA CAMPANHA TEM MUITAS PESSOAS QUE TRABALHAM EM EXPOSIÇÃO AOS SOL SEM NENHUM TIPO DE PROTEÇÃO DESCONHECENDO O USO DE PROTEÇÃO, NÃO POR FALTA DE INFORMAÇÃO MAS AS VEZES POR NÃO TER CONDIÇÕES DE COMPRAR, POR EXEMPLO PESSOAS QUE TRABALHAM EM ROÇA, EM MATAS E ATÉ AQUELAS QUE MORAM NO SERTÃO. VAMOS FAZER CAMPANHAS PARA PODER OFERTAR COMO SOLIDARIEDADE PROTEÇÃO PARA ESSAS PESSOAS.

WIVIANE ARAUJO - HOSPITAL INTERMEDICA ABC

ACHO MUITO IMPORTANTE A CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE A PREVENÇÃO DO CANCER DE PELE DE TODA POPULAÇÃO MAS EM ESPECIAL AOS TRBALHADORES DAS ZONAS RURAIS MUITOS NÃO POSSUI NENHUMA ORIENTAÇÃO, TENHO UM EXEMPLO EM CASA MEU PAI TEVE CANCER DE PELE NÃO SEGUIU OS DEVIDOS CUIDADOS, HOJE FAZ RADIOTERAPIA PARA TRATAR UMA METASTASE EM PAROTIDA, ENTÃO NÃO CUSTA NADA ADICIONAR MAIS FATOR DE PROTEÇÃO AO SEU VERÃO......

IZAIAS JUNIO DE ALCANTARA PEREIRA - HOSPITAL E MATERNIDADE DE GUARULHOS

Òtimas dicas.Vamos nos previnir galera.