Voltar

Ed. n

07

18/01/2022

De Olho na Região - 7ª edição - Campinas

Confira a sétima edição.

Aconteceu em 2021

Muitas ações movimentaram o Hospital Renascença no final de 2021, como por exemplo, palestras de conscientização sobre Outubro Rosa e Novembro Azul ministradas aos colaboradores. Além disso, no Novembro Roxo, os treinamentos foram ampliados para as mães de bebês prematuros internados no Hospital.

Doação de Mechas

O Hospital Renascença fez uma parceria com um salão de cabeleireiro ao lado da Unidade, para incentivar as colaboradoras a aderirem a campanha de Doação de Mechas realizada GNDI em parceria com o Instituto Amor em Mechas. Os cabelos arrecadados são para ajudar na confecção de perucas que serão entregues, gratuitamente, a mulheres que enfrentam o câncer.

 

Notrelabs

O NotreLabs realizou um curso de capacitação para a área assistencial com o foco de evitar a recoleta (colher novamente amostras de sangue dos pacientes), ensinando técnicas de como manusear os tubos de ensaio, além de formas de manipulação para que o sangue coletado não seja desperdiçado ou derramado sobre o espaço físico onde está sendo realizado o procedimento. São técnicas simples que contribuem para o bom andamento das atividades rotineiras.  

 

Retorno a alimentação

 

 

Uma ação realizada pelo time de Fonoaudiologia do Hospital Renascença mostrou que os pilares do acolhimento realmente fazem parte do nosso DNA. A iniciativa trouxe uma forma diferente de montar um prato da refeição, despertando novamente a vontade de se alimentar de uma paciente que estava com dificuldades. Um ato simples, mas que fez toda a diferença!

 
 
Medicão

A norma nº 16.827 regula a permissão para que animais de pequeno porte possam visitar ambientes hospitalares, desde que respeitando regras específicas de higiene. E, depois de muitos meses suspensa devido a pandemia, o Hospital Renascença voltou a receber as equipes do Grupo Medicão, que traz seus animais para visitar os pacientes internados. Segundo médicos e especialistas em saúde, a visita de animais não garante a cura, mas auxilia na recuperação dos enfermos, principalmente idosos, crianças, pessoas com deficiências intelectuais e dificuldades motoras, pois resulta em uma série de benefícios mentais e físico. Esse tipo de ação é chamado de Zooterapia ou Terapia Assistidas por animais.